ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

O envelhecimento da pele é algo inevitável e em muitos casos, acaba surgindo de maneira precoce, dando os primeiros sinais de rugas e alteração do viço ainda na juventude.
De fato não podemos parar o tempo, mas garantir uma aparência saudável e bonita por mais tempo não é algo impossível de ser feito.

A partir dos 25 anos, quando os primeiros sinais começam a nos mostrar a degradação do colágeno e os danos causados com a exposição ao sol e aos danos externos, além da influencia dos fatores genéticos, percebemos rugas finas de expressão ao redor dos olhos, alteração do volume do rosto e densidade da pele, alem das manchas e do famoso bigode chinês.

Algumas medidas podem ajudar nesse processo natural da pele, como o uso de fotoproteção com FPS 30, no mínimo, ao longo do dia, contra os raios UVA e UVB, que é fundamental para a proteção do sol diariamente – mesmo em dias nublados e chuvosos. A ingestão de água e uso de produtos com ativos hidratantes ajuda a manter a pele hidratada e com brilho. Alimentação adequada e uso de antioxidantes protegem as células do envelhecimento e mantém o estimulo ao colágeno. O uso de Ácido Retinóico e vitamina C, que são ativos capazes de estimular a produção de colágeno, melhoram a textura da pele e diminuem as linhas finas e manchas superficiais.

Preenchimentos, lasers e toxina botulínica, que tratam linhas de expressão e recuperam a harmonização facial, com volume e sustentação, manchas e melhora da qualidade da pele são ótimos aliados no processo de envelhecimento.

Vale ressaltar que a indicação desses tratamentos deve ser feita por dermatologista experiente, capaz de indicar qual o melhor produto e procedimento para o seu tipo de pele e para uma aparência natural e saudável.

Agende sua consulta para uma avaliação!

Até a próxima dica!
Dra Bruna Vallcorba

Compartilhe essa postagem